Resenha: Unhas, de Paulo Wainberg

/
2 Comentários

Livro: Unhas

Autor: Paulo Wainberg

Editora: Leya

Ano: 2010

Páginas: 256

Avaliação: ★★★

Oi! 
Hoje vamos conversar sobre um livro que me deixou de cabelos em pé! O livro de hoje é o Unhas, do autor Paulo Wainberg. Ele conta a história de um homem que se auto denomina Unhas. 
O livro conta a história de um homem que começa sua vida adulta normal, após a faculdade de contabilidade e trabalhando no escritório do pai. Ele se casa, tem dois filhos e entre um dia e outro no escritório, ele sente dor de dente e precisa ir ao dentista o mais rápido possível. No consultório, ele tem acesso a algumas revistas com contos policias e acaba por se interessar na trama da história, nas aventuras e nos riscos que elas trazem. Observando que sua vida não é nada parecida com a dos contos, ele resolve se oferecer para atuar em trabalhos temporários, como um exterminador de paixões proibidas.
Através de um anúncio jornal, ele publica seus serviços de forma que seja subliminar para não correr riscos de ser procurado pela polícia e a partir daí, ele traça algumas regras para aceitar serviços. Duas condições básicas são estabelecidas: a primeira é não aceitar nenhum trabalho que seja oferecido por uma mulher e a segunda é não fazer nada que seja antiético, como exterminar a esposa para que o "empregador" possa ficar com a amante.
Neste caso, Unhas trabalha exterminando paixões proibidas, aquelas que os homens não conseguem lidar e acabam arriscando-se para sustentar uma relação amorosa, colocando em risco família, emprego e a "moral".
Unhas começa a história contando para Elisa, seu próximo trabalho, os motivos de praticar estes crimes com o intuito de ajudar outras pessoas e ser ajudado, trazendo mais ação para sua vida.
O conteúdo do livro é bastante pesado, traz como base de argumentação aspectos religiosos e confronta atitudes e regras sociais com os "mandamentos da Bíblia". Assuntos como pedofilia, homossexualidade, abuso sexual e a desigualdade entre os gêneros também é bastante presente. Algumas cenas, que por sinal são muito bem construídas, assim como os personagens, nos transportam para dentro do livro, fazendo com que tudo o que aconteça na história seja quase palpável. Este livro nos traz diversas sensações e a mais abundante delas é a revolta por saber que sim, o que acontece no livro também acontece na vida real. Pode ser que não tão aberto, ou exposto, mas acontece.
Este livro é muito mais que um livro de investigação policial e ação, ele é a realidade e o retrato do que acontece e não sabemos por não ser amplamente divulgado. Embora seja pouco provável que exista alguém que se ofereça como matador de aluguel em jornais, se tirarmos o foco do Unhas e focarmos nos casos abordados, veremos grande correspondência com a realidade.
Elogios é que não faltam ao livro, poucas vezes li uma história que fosse tão bem construída em sua essência, onde podemos perceber pouca ou nenhuma referência de textos anteriores já publicados. Sabendo que é praticamente impossível uma ideia totalmente inédita e original, levando em considerações a quantidade de histórias já formadas e publicadas, Unhas se destaca como sendo um dos livros mais próximos desta possibilidade de originalidade. Lembrando que, escrevo com referência em tudo o que eu li até hoje, portanto me corrijam se eu estiver errada.
Conhecer o livro foi acidental e até certo momento em que me deparei com a palavra "guria" no texto, não sabia que era um livro nacional. Mais uma surpresa que o livro me ofertou.
Deste modo, posso dizer que recomendo a todos a leitura, o ano de 2016 começou com ótimas leituras e com certeza até o momento, Unhas está no primeiro lugar de melhores do ano.
Espero que tenham gostado da resenha e que tenham sentido vontade de entrar em contato com o livro. Em uma rápida pesquisa, é possível encontrá-lo nas lojas online entre R$10,00 e R$20,00. 
Para assistir a vídeo resenha, clique aqui.
Se você gostou, deixe um comentário e se tiver vontade de ler o livro, deixe também! Vou adorar saber!
Beijos e até o próximo post, que sai na sexta feira com o book haul de janeiro.


Leia mais esses

2 comentários:

  1. Vou começar a ler esse livro agora. Espero que eu goste assim como gostei da sua resenha.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha. Comprei ele no mês passado por R$13 e será uma das minhas primeiras leituras de 2017. :)

    ResponderExcluir