Resenha: Filme Noturno, de Marisha Peesl.

/
0 Comentários

Livro: Filme Noturno

Autor: Marisha Peesl

Editora: Intrínseca

Ano: 2014

Páginas: 624

Avaliação: ★★★

Oi gente!
Vou falar sobre um livro maravilhoso hoje! Um presente do André, que me deixou tão feliz que foi mais um motivo para que eu devorasse o livro!
Bom, o livro trata basicamente de um suicídio que teve uma perícia duvidosa, investigado por Scott, um jornalista que teve sua vida totalmente mudada após um caso sem sucesso. Scott é divorciado e pai de uma filha. 
Ashley, a garota que cometeu suicídio, cuja morte é investigada por Scott, vem de uma família singular. Filha de Cordova, o pai cinegrafista e excêntrico, cujos filmes são essencialmente de terror e suspense, levando o espectador ao mais alto grau de sentimentos confusos e conflitantes. Cordova tem uma mansão isolada de todo o resto da cidade, que funciona como estúdio cenográfico, sendo palco de todos seus filmes. Além disso, temos também o envolvimento dele com magia negra e relacionamentos confusos com várias mulheres.
A princípio, a morte de Ashley "sem solução", desperta em Scott sua curiosidade, visto que Cordova é alvo de diversas investigações e pesquisa do jornalista.
Paralelo a isso, temos uma legião de fãs fanáticos e igualmente excêntricos que seguem Cordova e buscam todos os detalhes sórdidos de sua vida. Um dos aspectos mais interessantes, é que eles mantém um espaço dedicado ao cinegrafista na Deep Web, a fim de organizar sessões de cinema dos filmes que outrora foram proibidos devido ao conteúdo de extrema violência.
O livro ainda traz aspectos realistas que nos fazem imaginar que a história foi realmente escrita de maneira ficcional ou não. A autora consegue manter a leitura fluida em todo o livro, assim como o suspense e o estímulo da imaginação do leitor acerca das diversas teorias em dúvidas encontradas no livro. Em momento algum a escrita torna-se cansativa, causando contraste com as diversas páginas de sites e recortes de jornal adaptados a história de forma leve, tornando a leitura quase interativa.
E gostei muito do livro e com certeza indico a todos que gostam de um bom suspense com pitadas de horror, não deixando nada a desejar. Enfim, nem preciso escrever que fui completamente arrebata por esse livro, não é??
Espero que tenham gostado, conheçam o Batendo um papo com o Dé, que é o blog do André-lindo-demais. E também não esqueça de assistir a vídeo resenha!!
Beijos e até a próxima atualização!


Leia mais esses

Nenhum comentário: