Resenha: Eu sou a lenda, de Richard Matheson

/
0 Comentários

Livro: Eu sou a lenda

Autor: Richard Matheson

Editora: Aleph

Ano: 2015

Páginas: 384

Gênero: Ficção científica

Avaliação: ★★★

Oi gente!  Hoje tem resenha de um livro ótimo que quero, além de resenhar, indicar para vocês.
Conversaremos sobre o Eu sou a lenda, publicada pela linda da Aleph que vem deixando meu coração no chão e minha carteira mais vazia! Sabe aquela vontade de sair comprando tudo o que é da editora, porque o amor só cresce? Pois é.
Desta vez, conheceremos a história do Robert. Um homem casado, pai de uma filha que vê sua família ser desfeita por causa de uma infecção, um vírus poderoso que vem assolando toda a população do planeta em que ele vive.
Após esta infecção contaminar todos os que ele conhece e todo o resto da população, ele perde a esposa e a filha e se vê sozinho buscando suprimentos e conhecimentos para se manter vivo. Um dos maiores desafios além de encontrar mantimentos, é se manter lúcido para encarar que estar sozinho no mundo pode não ser o pior a acontecer. Todas as noites quando o sol se põe, vários infectados se colocam em volta da casa o chamando para fora, para que ele se sirva como comida para a vizinhança. Diante disto, já não é necessário dizer que os infectados se transformam em vampiros, sedentos de sangue. Durante todo o dias eles entram em um sono profundo, como um coma e é quando Robert tem a possibilidade de se ver livre para sair em busca de mantimentos. Em meio a livros, ele busca incessantemente uma cura para transformar os humanos que ainda não morreram pela infecção e voltaram a vida, a se tornarem humanos novamente. E é nesse cenário que o livro tem sua história contada.
Após  três adaptações cinematográficas, a mais recente em 2008, estrelado por Will Smith, vemos que o livro continua sendo melhor que o filme. Em muitas coisas filme e livro são diferentes, o que torna cada um singular e igualmente poderoso em nos chocar. Entretanto, o livro ainda é capaz de nos surpreender e causar emoção.
Eu achei a história muito bem escrita e formada, o cenário também é muito bem descrito, o que nos leva a um patamar realístico, diferente daquele cenário pós apocalíptico que estamos acostumados; o que de certa forma me deixa muito feliz, porque saímos daquela famosa "receita pronta, da qual há apenas um salvador para a humanidade".
No final do livro há algumas notas, como um estudo feito da obra e também uma entrevista com o autor (ago realmente bom e que tem me encantado nos livros da Aleph), então podemos perceber que a grande preocupação do autor foi manter o elo da realidade com a história contada, deixando com que pensemos que realmente isso possa acontecer na vida real.
O livro merece nota cinco por falta de uma nota maior, porque claramente este livro é um dos meus favoritos de 2016.
Espero que tenham gostado da resenha, caso queiram ver a vídeo resenha é só clicar no quadradinho da barra lateral escrito "aperte o play".
Beijo e até a próxima resenha.
Tchau!


Leia mais esses

Nenhum comentário: