Leitura conjunta: O poço e o pêndulo, de Edgar Allan Poe

/
0 Comentários

E pra quem pensou que este seria o último conto da Leitura Conjunta, não não não! Resolvemos estender e eu fiquei muito feliz por isso!
O conto dessa semana é "O poço e o pêndulo", e sem dúvidas, uma das melhores construções dele. Enfim, esse post será bem curtinho, então vamos direto ao assunto!
No O Poço e o Pêndulo, conheceremos um homem em plena inquisição católica que recebe sua sentença de morte. Jogado num calabouço, ele acorda em um lugar escuro e decide tatear para saber mais detalhes daquele cômodo em que ele se encontra. Chegando ao centro do calabouço, ele encontra um poço, e acaba por ter várias alucinações e devido ao cansaço, ele acabar por dormir.
Após acordar pela segunda vez, ele recebe comida e água e percebendo que o líquido encontra-se com uma substância sedativa, não consegue controlar a vontade de dormir e ao acordar, encontra-se amarrado em uma espécie de tronco (ou algo bem parecido), com uma foice em formato de meia lua pendendo sobre seu corpo.
Eu gostei muito do conto porque, apesar de ser um texto bastante descritivo, é bem profundo e traz bastante reflexões importantes. Não é segredo que eu não me identifico com livros muito descritivos, por este motivo a nota deste conto é quatro.
Mas, recomendo a todos que tem curiosidade em conhecer o Poe, com certeza é um dos textos mais elaborados e trabalhados por ele.
Espero que vocês tenham gostado do update!
Para ver o vídeo, cliquem aqui.
Beijos e até  próximo post!
Tchau!


Leia mais esses

Nenhum comentário: