Resenha: Os Três, de Sarah Lortz

/
0 Comentários

Livro: Os Três

Autor: Sarah Lortz

Editora: Novo século

Ano: 2014

Páginas: 400

Avaliação: ★★★


Vamos falar sobre Os Três!

Bom, vou falar de um livro que é tão bom que a minha vontade quando eu li, era de sair gritando e recomendando para todo mundo.
O livro "Os três" conta a história de um trágico acontecimento, conhecido como a Quinta-Feira Negra, onde quatro aviões caem simultaneamente em diferentes partes do mundo. Deste acidente, sobrevivem quatro pessoas, sendo uma delas a Pam. 
Pam sobrevive apenas para passar uma mensagem pedindo para que vigiem um menino. Várias pessoas durante a queda do avião deixam mensagens em seus celulares para seus familiares, mas na gravação, Pam fala sobre um menino, sua cachorra e o pastor de sua igreja. A intenção dela é deixar um alerta, que a princípio é bem evidente no livro.
As crianças que sobreviveram a queda de avião, aparentemente não sofreram nenhum dano físico, mas tiveram uma discreta alteração em suas personalidades.
O livro é escrito em forma de documentário, descrevendo os acontecimentos e reunindo as diversas teorias sobre essa grande tragédia que mudou o pensamento de diversas pessoas ao redor do mundo. A história é contada por uma jornalista especialista em investigar tragédias e suas conspirações acerca dos fatos ocorridos. O que mais chama atenção no desenrolar da história é que a mensagem gravada por Pam, foi deixada para seu pastor. Ele então, acredita que Pam é uma profeta de Deus avisando sobre o apocalipse.
Apesar das diversas teorias citadas durante o livro, a que mais me chamou atenção é a teoria onde o pastor reúne vários fiéis para alertar sobre o possível apocalipse. Além disso, as teorias vão muito mais além, sendo cogitada a possibilidade de elas terem sofrido alguma mudança cerebral por meio de forças externas (vulgo, ETs).
Outro fato bem interessante é que a autora explora um cenário peculiar que é a Floresta do Suicídio.
O livro pode ser considerado um suspense ou terror sobrenatural, tenho certeza que lemos e a história se volta para o que estamos acreditando mais. Confesso que por diversas vezes, procurei na internet sobre um acontecimento real que poderia ter inspirado a autora, mas foi em vão.
Para quem quiser ler, acredito que todo esse clima de Halloween só contribui.
Beijos!







Leia mais esses

Nenhum comentário: