Resenha: Alma Menina, de Camila Silvestre

/
0 Comentários

Livro: Alma Menina
Autor: Camila Silvestre
Editora: INMOD
Ano: 2013
Páginas: 227
Avaliação: ★★★★✰
Sinopse: Mari é uma garota simples, cercada por coisas simples: família, faculdade, namorado. Tudo muito simples, que Mari pensa não existir espaço em sua vida para sonhos e cores. Assim, pouco  a pouco, a garota vai se extinguindo nesse mundo simples que tem pressa, muita pressa. Lentos saõ, apenas, os passos que a levam até o abismo. E ali, espreitando com desconfiança a beirada do precipício, que um encontro muito imprevisto com um homem nada simples faz Mari ter certeza: já era hora de pular.
A resenha:
Mari é uma garota que mora no interior do estado de São Paulo, prestes a entrar na universidade e se vê frente a escolha do curso que será sua profissão para o resto de sua vida.
Seus pais sempre lhe deram apoio para estudar e perceberam que ela tem um grande potencial, por isso desejam uma carreira como engenheira ou médica, mas não é isso que Mari quer. Ela escolhe cursar história.
O primeiro desafio é contar ao seu pai sua escolha, que também implicaria em viver longe de casa, na capital do estado. Contrariando seu pai, ela viaja para a capital e inicia seus estudo ao lado da mãe.
Começa então, uma nova rotina na casa de seus tios e suas primas, Júlia e Lili, que assim como Mari, também frequentam a universidade.
Sua vida muda completamente, ela se vê morando na casa de parentes que não encontrava há dez anos, duas primas já crescidas e com personalidades muito diferentes da dela e ainda precisa encontrar um emprego para se manter estudando. E encontra no primeiro lugar onde ela levou um currículo, um hospital.
Mari não costumava sair, era voltada aos estudos e tinha amigas de escola, apenas. Quando suas primas a convidam para ir à uma festa, ela aceita ainda que indecisa se é isso o que ela quer e acaba encontrando Caio.
Caio torna-se namorado de Mari, um rapaz de família classe alta que exige dele apenas os estudos. Bem diferente da namorada, que precisa trabalhar e estudar para se manter na cidade. Devido as diferenças econômicas e a situação em que Mari se encontra, o relacionamento que outrora era agradável, torna-se degradante ao passo que a faculdade e o trabalho exigem muito de Mari.
Entre idas e vindas em meio a rotina, Mari encontra Sérgio, que muda o rumo da história. Um homem mais velho que ela, que a faz repensar no que é sonhar e o que ela deseja para a vida.
Traduzindo: uma garota que sai de sua cidade, vai para uma cidade maior, precisa se adaptar a uma nova rotina, casa, família e amigos, começa a namorar e tem que conciliar estudo, trabalho e relacionamento e como se não bastasse, encontra um rapaz que vira sua cabeça e a deixa indecisa sobre o que realmente é bom para ela.
A autora do livro consegue trabalhar as ideias expostas com continuidade, não há surpresas absurdas, mas contamos com algumas fora da realidade, garantindo a harmonia entre a história e os contos que encontramos no meio do livro.
A linguagem que ela usa não é de difícil compreensão, o que me faz ter a impressão de que ela tentou e conseguiu,  narrar a história de modo como a personagem fala, sendo jovem, com seus conflitos e sentimentos.
Para quem espera um romance com altos e baixos este é o livro perfeito, quanto ao final, me surpreendi, não é um final triste e também não é feliz, é um final que revela uma continuidade que poderá vir ou não por parte da autora, nos deixando abertos para imaginarmos o que poderia ter acontecido com as personagens.
Sobre a autora: Camila é de Santo André, São Paulo, e cursou bacharelado em Letras na USP.


Leia mais esses

Nenhum comentário: