Resenha: O Teste, de Joelle Charbonneau

/
0 Comentários

Resenha: O Teste
Autora: Joelle Charbonneau
Editora Única
Gênero: Ficção norte-americana/ Distopia
Ano: 2014
Páginas: 318
Melencia Vale (Cia), moradora da Colônia Cinco Lagos, cresce com o sonho de no dia de sua formatura ser escolhida para O Teste, uma prova elaborada para garantir que apenas os melhores cheguem à faculdade.
Cia sabe que para isso, deverá deixar a família para trás e passar um período longe de casa, ou até mesmo não voltar mais. Tudo muda para Cia quando finalmente, ela é escolhida para O Teste.
“Não vou ter de trabalhar com tratores. Eu fui escolhida para o Teste, eu consegui.” (pág.26)
Há muitos anos ninguém da Colônia Cinco Lagos era escolhido para O Teste, muitas pessoas se formam e se perdem no sonho de um dia serem escolhidas, mas Cia não, ela foi escolhida.
O que começa a intrigá-la é o motivo de tal escolha e descobre que a antiga professora forjava os resultados das provas para que ninguém fosse escolhido. Mais tarde, seu pai que um dia fora escolhido para O Teste, lhe conta que não se lembra exatamente como foi passar pelas provas, mas desde que tinha finalizado e chegado a sonhada faculdade, tem sofrido com pesadelos terríveis e que provavelmente, seja algo relacionado a realização do teste.
Cia parte rumo ao teste e descobre que tudo o que ela imaginava ser, estava errado. As provas baseiam-se na sobrevivência dos candidatos e a cada tomada de atitude errada, custaria sua vida.
“O tremor para. Músculos desabam enquanto seu peito para de subir e descer.” (pág. 112)
Cia se vê em meio ao caos, cidades destruídas, tudo muito parecido com o que seu pai lhe contara de seus pesadelos. Às vezes, um pouco ainda pior. Sua única esperança é contar com seus instintos e seu parceiro, Tomas.
Este livro traz exatamente o que o autor esperava ler, sem muitas surpresas desagradáveis em meio a tensão. A autora garante o clímax da trama exatamente no ponto mais sensível do livro e onde os leitores estejam mais vulneráveis a ele.
Diferente de outras distopias, seguimos a leitura sem muitas voltas em torno da personagem principal, tudo ocorre constantemente e este é o ponto positivo desta leitura.
Lembrando que o segundo livro da trilogia já foi lançado e se chama Estudo Independente. E o terceiro livro será lançado até o final deste mês, o tão aguardado A formatura!


Leia mais esses

Nenhum comentário: